quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Música da Bahia

Esse intercâmbio de informações e talentos é o que faz diferença na área cultural. Há alguns meses, recebi um e-mail surpreendente da Janaina Costa, produtora cultural de Salvador. Ela foi entrevistada pelo sr. Zózimo, jornalista e proprietário do blog Geração Supernova, onde ele fala sobre a nova geração de bandas, músicos e cantoras brasileiras.

Janaina acessou o Geração Supernova e viu o Cult Cultura entre os blogs seguidos pelo sr. Zózimo: "[O blog de vocês] me chamou atenção porque temos a mesma temática de comunicação, só que em cidades diferentes. Resolvi "segui-los", para ficar sempre por dentro do que rola nesta cidade que respira cultura e arte (VIVA SAMPA)".

Bom, só de ter elogiado Sampa, já ganhou muitos pontos!

Temos mantido contato (não tanto quanto eu gostaria, porque eu amo São Paulo, mas reconheço que o dia aqui tem bem menos de 24 horas. A gente corre muito!!!), trocando informações sobre cultura em São Paulo e Salvador.

Para os paulistanos que acham que em Salvador só tem carnaval, vale a pena conferir a produção cultural da Janaina. Entre as cantoras que ela produz, está Clécia Queiroz que, além de cantora, é atriz e dançarina. Clécia realizará um show em Salvador na próxima semana, dia 15 de outubro.

O show se chama "Samba de Roque": "O título que dá nome ao CD e ao show parece jogo de palavras: "Samba de Roque", “Samba de Roda”, “Rock”.... Só que não é bem assim. “Roque” é Roque Ferreira, compositor estudioso e defensor da genuína cultura dessa terra, que tem mais de 400 músicas gravadas por artistas como Maria Bethânia, Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Martin’ália dentre outros", informa o release.

Se você estiver looonge de Salvador, pode curtir o som de Clecia pela internet: www.myspace.com/cleciacanta

Agora, se você for o sortudo de estar em Salvador no dia 15, não perca:

Clécia Queiroz “Samba de Roque”
Teatro ACBEU (Corredor da Vitória)
15/10/09 (Quinta-feira) – 20:30 horas
R$ 20,00 (inteira) – R$ 10,00 (meia)

Por Thais Polimeni

Um comentário:

Zózimo Trabuco disse...

Que bom ter contribuído para o contato de vocês do blog com a Janaína Costa, mas não precisa de tanta deferência. O "Sr." antecedendo meu nome é dispensável, me chamem simplesmente pelo meu nome, com ou sem o sobrenome.

E o show da Clécia foi ótimo. Quando sair o próximo CD da Roberta Sá só com composições do Roque Ferreira [que deve se chamar Chita Fina] espero que valorizem quem primeiro cantou o sambista baiano para a nova geração, como a Clécia Queiroz, a Mariene de Castro e o grupo de samba soteropolitano Chita Fina.